quinta-feira, 20 de março de 2014

Rússia bloqueia sites que criticam Putin

Para nós geeks, assim como para diversas outras pessoas ao redor do mundo, a internet é um espaço fundamental. Sem ela você não poderia entrar no Facebook  ou assistir filmes e séries online, mas, principalmente, você ficaria por fora das principais notícias do mundo.. E foi exatamente por isso que a Rússia bloqueou sites conhecidos por criticar o presidente russo, Vladimir Putin.


Seja para se informar sobre a qualidade do novo trailer do “Batman:Arkham Knight” , ou para saber mais sobre os candidatos das próximas eleições, nós, usuários da rede, utilizamos cotidianamente a internet para obter informações que são valiosas na hora de formar as nossas opiniões sobre os mais diversos assuntos. E muito provavelmente você já deve ter ouvido falar nos recentes conflitos entre a Rússia e a Ucrânia, e sobre como a União Europeia e os Estados Unidos têm reagido a eles (caso você esteja por fora, uma dica é entrar nesse link que tem um resumo bem simples do assunto).
 As tensões entre os países estão tão grandes, que relembram os tempos da Guerra Fria e com isso, as críticas daqueles que não eram favoráveis à forma como Putin governava só aumentaram.
Segundo a Reuters, valendo-se, então de uma lei aprovada em Fevereiro deste ano que permite o bloqueio a sites que façam “demonstrações públicas não-autorizadas” ou que publiquem materiais considerados “extremistas”, ou seja, traduzindo, de uma lei que permite o bloqueio a tudo aquilo que o governo não quer ver exposto na internet, o escritório do procurador-geral determinou que os provedores de Internet da Rússia bloqueassem uma lista com vários sites e blogs.
Essa afronta a liberdade de expressão no país, prejudica não somente os russos que se veem agora sem uma fonte de informação alternativa a do governo, já que as emissoras estatais são as dominantes nas transmissões de TV, como também o restante do mundo, que se vê privado de informações contundentes daqueles que vivem no país e discordam de Putin.

Aqui no Brasil, nós também já enfrentamos algumas disputas pela liberdade de uso da internet. Projetos de lei como o SOPA, o PIPA ou o ACTA, transitaram por aqui e incendiaram toda a comunidade de internautas em uma verdadeira guerra cibernética contra a censura no Brasil e no mundo.  Mas tem sempre um engraçadinho que resolve brincar com esses assuntos de novo.
Conforme informações da Folha de São Paulo, o pré-candidato do PSDB para as próximas eleições, Aécio Neves, resolveu promover duas ações na Justiça de São Paulo pedindo a remoção de links e perfis em sites de buscas e redes sociais da internet que relacionassem seu nome ao “uso de entorpecentes” e ao desvio de dinheiro durante a sua gestão como governador de Minas Gerais, com medo de que isso difamasse sua reputação (eee, eu acho que não deu muito certo não hein?).
Em resposta, os advogados da Google falaram que o candidato “parece ‘sensível’ demais às críticas sobre sua atuação” e que a empresa considera um atentado à liberdade de expressão fazer um controle prévio das buscas relacionadas a Aécio. O pedido de Aécio na Justiça foi negado para nossa alegria.
É claro que nem toda crítica que se encontra na internet sobre Putin ou Aécio é verdadeira. Mas proibir todos os sites que falem algo que eles não queiram é no mínimo absurdo. Cabe aos próprios leitores conferirem a veracidade das informações e construir sua opinião a respeito do assunto não é? 

E você, concorda comigo ou pensa diferente? Acha que eles poderiam estar certos? Deixe seu comentário e usufrua você também da liberdade de opinar na internet!  
Postado Por: Jessica Bernardo

Rússia bloqueia sites que criticam Putin

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

2 comentários:

  1. Eu usufruindo da liberdade de opinar na internet, que lindo isso hahahah :')

    Minha opinião: são todos uns ridículos com medinho das críticas.
    E ri litros com a resposta do Google ao Aécio! Nem sabia sobre essa reivindicação dele, não foi tão divulgado acho; mas deveria, já que o cara é candidato à presidente e, bom, se sem nenhum cargo público ele já se acha no direito de entrar com tal ação, imagina como presidente?
    Alguém que não tem peito para enfrentar as críticas e prefere censurá-las não merece nosso respeito (nem nosso voto).

    Claro que muitas críticas e piadinhas são infundadas, mas isso faz parte da liberdade de expressão. E na Rússia isso é mais complicado ainda, porque se no caso do Aécio ele tentou e não conseguiu, lá o Putin manda e desmanda, e agora as denúncias contra ele na internet serão caladas. Pra mim, isso é ditadura pesada.

    PS: chorando com um link para o Muggle World nesse post :')

    ResponderExcluir
  2. Usufrua sempre Carolzita!

    Concordo demais com isso: puro medo de críticas! E é engraçado que isso não é exclusivo de um lugar né? Temos pessoas fazendo isso no Brasil, na Rússia, com certeza nos EUA também sem que a gnt nem saiba. Censurar a internet é um abuso muito grande por parte de qualquer político e, querendo ou não, isso só piora a imagem dele. Você está certíssima, quando há censura, há sintomas de ditadura. Muuuuito complicado isso !

    Amei o comentário e pode ter certeza que citaremos o Muggle World sempre que possível ! *-*

    ResponderExcluir

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates