segunda-feira, 3 de março de 2014

Aplicativos que salvam vidas. Literalmente.

Quem vive essa vida de geek sabe: ter um smartphone sem aplicativos é como ter uma fantasia de Lanterna Verde para o Carnaval e não ter o anel dele. Simplesmente não rola né? 


Os aplicativos, que são os responsáveis por dar vida às diversas capacidades dos smartphones, além de úteis para a nossa diversão e para o acesso às redes sociais, assumem cada vez mais a função de organizadores das nossas vidas. Apps para organizar agendas, anotar ideias ou descobrir qual caminho tem menos trânsito se tornaram tão essenciais que frequentemente desenvolvedores usam a expressão “aplicativo que salva sua vida”.

Seja por fazer você chegar mais rápido ao trabalho ou por mostrar (e causar polêmica com isso) a reputação daquele(a) menino(a) que você tá afim, realmente, para quem leva uma vida corrida nas grandes cidades, esses apps parecem ser salva-vidas. Mas, se você pensava que essa expressão só tinha caráter de brincadeira, estava enganado: alguns aplicativos podem, verdadeiramente, te ajudar a salvar a vida de alguém, ou mesmo a sua, em certas situações.

Um relatório apresentado pela Federação Internacional de Sociedades da Cruz Vermelha e da Crescente Vermelho (FICV), no final do ano passado, mostrou que no caso do tufão “Bopha”, que afetou as Filipinas em dezembro de 2012, “Milhares de pessoas sobreviveram porque 99% da população tinha acesso à telefonia celular e pôde receber mensagens de alerta com antecedência e informações sobre os lugares seguros”.

Acontece que nem sempre as pessoas têm internet quando estão presas entre o entulho após um desastre natural, por exemplo. Por isso, os verdadeiros salva-vidas nos smartphones de agora, são aplicativos que usam o poder da tecnologia para ajudar pessoas em situações críticas. Veja alguns deles abaixo:

1 – Victim app


Ainda em desenvolvimento, o app do engenheiro Amro Al-Akkad pretende ajudar pessoas que estejam impossibilitadas de acessar a internet a enviar mensagens com até 27 caracteres à alguém numa distância máxima cem metros. O engenheiro percebeu que seria possível usar um app para inserir uma mensagem de socorro no nome de um Hotspot de Wi-Fi, que não exigisse o acesso à internet. Dessa forma pessoas poderiam ler a mensagem com seu próprio app de Wi-Fi e ajudar a encontrar quem enviou a mensagem. O app funcionará com receptores e emissores dessas mensagens, como se fossem dois aplicativos ao invés de um só. 

2- HelpBridge ( Disponível em Android)


Criado pela Microsoft, esse aplicativo grátis ajuda você a se comunicar rapidamente com as pessoas mais próximas no momento de um desastre, ou acidente.  Com alguns poucos cliques, você pode enviar rapidamente e-mails e textos para seus contatos e postar mensagens de emergência no seu Facebook. Todas as mensagens podem incluir sua localização se você quiser e, caso você esteja na posição contrária, ou seja, possa ajudar alguém, você também pode doar dinheiro ou se voluntariar através do aplicativo.  

3- Dr. Drauzio Varella – Primeiros Socorros (Disponível para iPhone, iPad e Android)


O aplicativo de primeiros socorros do médico e escritor Dráuzio Varella é um guia prático e útil sobre como agir em emergências médicas. Para usá-lo, o primeiro passo é escolher o tipo de emergência. A ideia é mostrar como cuidar da vítima até que ela possa ser levada ao atendimento médico. Há até um botão para chamar os serviços públicos de emergência pelo telefone 192.

4- MyTravelAid (Disponível para Iphone e Android)


Através de geolocalização, o aplicativo ajuda a localizar os hospitais mais próximos e oferece um tradutor para nomes de medicamentos equivalentes em cada país.

5- Samsung Power Sleep ( Disponível para Android)



Que tal um aplicativo que ajuda a encontrar curas para doenças enquanto você dorme? Afinal, não basta só salvar vidas acordado não é? Em parceria com a Universidade de Viena, a Samsung lançou um aplicativo para Android que ajuda a encontrar curas para doenças. O Samsung Power Sleep é um despertador para Android que, além de te acordar no dia seguinte, usa o processador do seu smartphone ou tablet para fazer cálculos de sequenciamento de proteínas, o que ajuda os pesquisadores no estudo do câncer, do Alzheimer e outras doenças.

Para participar, você pode baixar o Samsung Power Sleep gratuitamente no Google Play. Quando você configurar o alarme, ele baixará um pacote de cerca de 1 MB dos servidores da Universidade de Viena com as informações para fazer os cálculos. Quando o alarme tocar, a simulação é encerrada e as informações que o seu aparelho calculou são enviadas para a universidade.  Genial né?

Eae, você já conhecia esses apps ou achava que só o Waze salvava sua vida mesmo? Achou interessante? Conhece outros do gênero? Deixe seu comentário aí embaixo e se não tinha nenhum desses, não se esqueça de baixar  (vai que né...) ! ;)
Postado Por: Jessica Bernardo

Aplicativos que salvam vidas. Literalmente.

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

Um comentário:

  1. Meeeu, que genial esses apps <33
    Gostei do Victim pelo fato de ser offline, porque é totalmente provável você estar sem internet no caso de uma tragédia. Só acho complicado a necessidade de ter um app pra receptor; não sei se as pessoas vão se dar ao trabalho de baixar e ficar esperando o dia em que poderão ajudar alguém.

    Achei as dicas de primeiros socorros do Dr. Dráuzio bem bacanas também. Eu mesma não sei fazer primeiros socorros, e acho que muita gente não sabe (logo, não morram perto de mim. SÓ UM AVISO)

    E genial o MyTravelAid traduzir nome de remédios e tal. Pra ficar perfeito só faltava uma escala de "gosto ruim" para o remédio, pra poder guiar nossa escolha HAHAHAHA -n
    Mas falando sério, saber o nome de um remédio no exterior e localização de hospitais é BEM legal. Só resta saber com que frequência o app é atualizado e se as informações são seguras mesmo.

    E sobre o Samsung Power Sleep, ele não ajuda muito o usuário em si né? Só serve mesmo pra você ter seu momento Madre Teresa e usar o smartphone pra algo útil além de jogar Pou. Mas não curti a ideia de ter que deixar a internet ligada a noite inteira. Uma noite de wifi e meu pobre cel já acordaria sem bateria.

    Adorei o post, Jéssica \o/\o/
    E Pedro, obrigada por passar no Muggle World. O blog aqui ta muito bacana!

    Beijo,
    Carol (muggle-world.blogspot.com)

    ResponderExcluir

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates