segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

[Análise] 12 Anos de Escravidão

Com nove indicações ao Oscar, sendo uma delas a de melhor filme, “12 Anos de Escravidão” era um filme que prometia envolver seus espectadores e não foi diferente com a equipe do Nerdficando.


O filme conta a história de Solomon Northup, um negro livre que vivia em Nova York com sua família até o momento em que é enganado por dois homens brancos e tem sua vida completamente mudada. O longa é baseado no livro de mesmo nome e conta uma história real vivida em meados do século XIX nos Estados Unidos, mostrando a todos os espectadores brasileiros uma face da escravidão pouco vista por aqui.

Homem culto e violinista, Solomon era respeitado em sua vizinhança até o momento do sequestro. Sim, sequestro.  Os que curtem uma boa aula de história, já devem saber que o Sul dos EUA era extremamente racista e que a escravidão era praticada aos extremos. Quando então, o tráfico de negros foi proibido no país, diversas medidas foram tomadas pelos donos de escravos e pelos comerciantes para manter o sistema escravista. Uma delas foi a “reprodução em cativeiro” e outra foi o sequestro de negros livres do Norte do país.

Abordando então os 12 anos nos quais Solomon foi escravizado, o filme retoma o tema que levou Lincoln e Django Livre ao Oscar em 2013, com cenas deslumbrantes e uma fotografia sensacional. O roteiro, que está concorrendo ao Oscar de melhor roteiro adaptado, também não deixa a desejar, com uma construção envolvente e que mantém todos os espectadores torcendo por Solomon e os demais personagens o tempo todo.

Para nós brasileiros, o tema escravidão pode parecer um pouco super explorado, já que desde pequenos vemos filmes e novelas (vai Chica da Silva!) que retratam este período sombrio da nossa história. Por isso filmes como Django Livre, que misturam um pouco de comédia, aliada a uma trilha sonora fantástica e ótimas atuações nos empolgam e entretêm mais do que os tradicionais aos quais já estamos acostumados. Maaaaas, é sempre construtivo rever o tema sobre um novo olhar e é exatamente isso que “12 Anos de Escravidão” nos proporciona, então a ida ao cinema vale super a pena (só não esqueça os lenços para eventuais crises de choro, rs).  E é claro também que um filme com nove indicações ao Oscar tem que ser bom né? ;)

Ficou em dúvida se assiste ou não? Bem, dá uma olhada no trailer aí em baixo ou uma lida na análise do Cinema com Rapadura




Ficha Técnica:

Diretor: Steven McQueen
Elenco: Chiwetel Ejiofor, Michael Fassbender, Benedict Cumberbatch, Brad Pitt
Gênero: Drama, Histórico
Duração: 2h 13min
Nacionalidade:  EUA
Ano:  2013
Distribuidora:  Disney / Buena Vista
Postado Por: Jessica Bernardo

[Análise] 12 Anos de Escravidão

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates