quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Disputa entre SEGA e Nintendo vai virar filme

   Qualquer um que goste um pouquinho de vídeo-game sabe que apesar do contrato atual entre Nintendo  e SEGA para que jogos do Sonic sejam lançados no WiiU e 3DS, empresa do ouriço azul e a do encanador que fica atrás do armário já brigaram muito um dia. E nada melhor do que um filme para retratar essa briga.


   O filme foi ideia da Sony Pictures após saber do livro "Console Wars: Sega, Nintendo and the Battle that Defined a Generation" que está sendo escrito por  Blake Harris, baseado em diversas entrevistas feitas com funcionários de ambas as empresas na época.

  A produção do filme ficará por conta de Scott Rodin (Responsável por "A Rede Social", 2010), o roteiro será de  Seth Rogen ("Superbad", 2007) e a direção de Evan Goldberg (também de Superbad).

   Blake Harris será o produtor executivo do filme, além de escrever o livro e participar da equipe do filme ele também está trabalhando num documentário sobre esse mesmo assunto e ainda com a mesma equipe citada aí em cima. (Não tá explorando demais o assunto não?).

   Pela equipe envolvida acho que dá pra esperar um bom filme, talvez não muito fiel aos fatos mas certamente um bom filme.

   O livro será lançado dia 13 de Maio e o filme só Deus sabe quando ficará pronto.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Como fazer a concorrência fazer seu marketing


Já pensou se a concorrência andasse por aí com sua propaganda? A DHL já, e ela deu um jeito da coisa acontecer. Assista o vídeo  e aprenda como se faz uma ótima campanha de marketing.

Se você não entendeu direito, basta saber que a tradução para o que está escrito nas caixas é: (DHL É MAIS RÁPIDA.)
To pra ver uma trolagem mais bem pensada que essa. 

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

[Análise] 12 Anos de Escravidão

Com nove indicações ao Oscar, sendo uma delas a de melhor filme, “12 Anos de Escravidão” era um filme que prometia envolver seus espectadores e não foi diferente com a equipe do Nerdficando.


O filme conta a história de Solomon Northup, um negro livre que vivia em Nova York com sua família até o momento em que é enganado por dois homens brancos e tem sua vida completamente mudada. O longa é baseado no livro de mesmo nome e conta uma história real vivida em meados do século XIX nos Estados Unidos, mostrando a todos os espectadores brasileiros uma face da escravidão pouco vista por aqui.

Homem culto e violinista, Solomon era respeitado em sua vizinhança até o momento do sequestro. Sim, sequestro.  Os que curtem uma boa aula de história, já devem saber que o Sul dos EUA era extremamente racista e que a escravidão era praticada aos extremos. Quando então, o tráfico de negros foi proibido no país, diversas medidas foram tomadas pelos donos de escravos e pelos comerciantes para manter o sistema escravista. Uma delas foi a “reprodução em cativeiro” e outra foi o sequestro de negros livres do Norte do país.

Abordando então os 12 anos nos quais Solomon foi escravizado, o filme retoma o tema que levou Lincoln e Django Livre ao Oscar em 2013, com cenas deslumbrantes e uma fotografia sensacional. O roteiro, que está concorrendo ao Oscar de melhor roteiro adaptado, também não deixa a desejar, com uma construção envolvente e que mantém todos os espectadores torcendo por Solomon e os demais personagens o tempo todo.

Para nós brasileiros, o tema escravidão pode parecer um pouco super explorado, já que desde pequenos vemos filmes e novelas (vai Chica da Silva!) que retratam este período sombrio da nossa história. Por isso filmes como Django Livre, que misturam um pouco de comédia, aliada a uma trilha sonora fantástica e ótimas atuações nos empolgam e entretêm mais do que os tradicionais aos quais já estamos acostumados. Maaaaas, é sempre construtivo rever o tema sobre um novo olhar e é exatamente isso que “12 Anos de Escravidão” nos proporciona, então a ida ao cinema vale super a pena (só não esqueça os lenços para eventuais crises de choro, rs).  E é claro também que um filme com nove indicações ao Oscar tem que ser bom né? ;)

Ficou em dúvida se assiste ou não? Bem, dá uma olhada no trailer aí em baixo ou uma lida na análise do Cinema com Rapadura




Ficha Técnica:

Diretor: Steven McQueen
Elenco: Chiwetel Ejiofor, Michael Fassbender, Benedict Cumberbatch, Brad Pitt
Gênero: Drama, Histórico
Duração: 2h 13min
Nacionalidade:  EUA
Ano:  2013
Distribuidora:  Disney / Buena Vista

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Você algumas vez imaginou um Smart Ring?




Apesar de até agora não termos uma tecnologia vestível tão disseminada, você provavelmente acha a ideia de um smartWatch ou de um smartGlass interessante mas duvido que alguma vez tenha pensado num smart Ring!


   A ideia é controlar as coisas a partir de gestos que serão interpretados por um anel que fica no polegar. O dispositivo se conecta com até 3 aparelhos via Bluetooth e pode fazer praticamente qualquer coisa! Desde aumentar o volume do rádio do seu carro até fazer uma ligação (discando) no celular e bater uma foto em uma câmera fotográfica.

   Pois saiba que enquanto você pensa se deve ou não continuar tentando passar do seu recorde no Flappy Bird, a Startup responsável pelo projeto do Fin já arrecadou mais de US$130 mil via crowd Founding, ( (US$138,101 pelo Indie gogo mais especificamente), é importante saber que a campanha visava alcançar US$100,00 para sair do papel, ou seja...

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Tim Cook e os "produtos incríveis" da Apple para 2014

No último post falamos sobre o aniversário de duas grandes redes sociais no Brasil, o Facebook e o Orkut, que completaram este ano seu décimo aniversário. Este ano, no entanto, não é exclusivo das redes sociais quando se diz respeito às comemorações de importantes datas: a Apple também entra na lista das empresas com algo a comemorar, já que em 2014, faz também 30 anos que o primeiro Mac foi criado.

Mas este post não vai falar sobre especificamente sobre o aniversário de criação dos Macs. O assunto em pauta agora é a recente declaração do CEO da empresa, Tim Cook, em entrevista ao The Wall Street Journal, sobre novos produtos a serem lançados.

“I don’t want to be more specific, but I’m just saying we’ve got some really great stuff coming in the fall and across all of 2014.”

Deixando os ilovers curiosos, por dizer, em tradução livre, que “coisas realmente incríveis estão por vir em 2014”, Cook deu uma resposta àqueles que desconfiam de um futuro glorioso para a empresa criada por Jobs. 

Já há algum tempo sem trazer grandes revelações para o mundo da tecnologia, uma vez que nos últimos eventos da empresa foram apresentadas apenas novas versões de produtos já existentes (vide iPhone e iPad), a Apple parecia estar passando por momentos ruins.


Após a morte de Steve Jobs, muitos boatos de que a área criativa da empresa estava comprometida foram divulgados, mas a declaração despreocupada de Tim Cook mostrou que não é bem assim. Caso o CEO cumpra com o prometido, pode ser que venham finalmente à tona o iWatch e a TV da Apple, produtos especulados por muitos e que ganharam espaço em postagens aqui no Nerdficando.  É também esperado para o próximo evento da empresa, o iPhone 6, continuação da linha de smartphones da Apple, mas não há nada confirmado.

Tim Cook disse ainda ao The Wall Street Journal que o maior objetivo da Apple será sempre criar produtos inovadores. Bem, disso ninguém pode desconfiar não é? O Macintosh, que fez 30 anos este ano foi o primeiro computador pessoal a ser criado. E, para comemorar o aniversário de criação dos Macs, a Apple divulgou um vídeo filmado inteiramente com, adivinhem só,  um iPhone! O vídeo mostra que o celular possui uma capacidade ótima no que diz respeito a câmeras e deixa claro que a empresa da maçã cumpre com suas promessas de qualidade, assim como cumpre com o quesito inovação.






Aqui no Brasil a Apple Store já tem data de inauguração marcada. Será que veremos ainda este ano os misteriosos “produtos incríveis” de Tim Cook no Brasil? E você, o que pensa que poderão ser esses produtos? Por enquanto só nos resta esperar, ansiosos, por mais notícias do mundo da maçã. 

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Facebook completa 10 anos

Parabéns, uhul, parabéns, uhul. Hoje é o seu dia, que dia mais feliz...


Esta segunda-feira, dia 4 de fevereiro de 2014, a maior rede social no Brasil e no mundo completou 10 aninhos de vida (que fofo não?). Isso mesmo, 10 anos atrás as pessoas não andavam pelas ruas com seus smartphones em mãos, curtindo fotos e publicações alheias no famosíssimo Facebook.  Aliás, há 10 anos atrás nem mesmo depoimentos no Orkut eram feitos.

As duas redes sociais, que digladiaram pelo título de maior rede social no Brasil há algum tempo atrás, tiveram seu início no mesmo ano: 2004. A luta pelo público brasileiro foi vencida com muita habilidade por Mark Zuckerberg em 2011 e foi inclusive noticiada aqui no Nerdficando. Daí a diante a rede de Zuckerberg permaneceu no trono no Brasil, enquanto crescia exponencialmente ao redor do mundo alcançando recordes de usuários e se ampliando em diversos setores.

O “TheFacebook”, nome de origem da rede, deu lugar ao “Facebook”,  a simples rede social expandiu-se para o mercado da Bolsa e o número de usuários passou de  algumas centenas de alunos dentro da Universidade de Harvard, para mais de um bilhão espalhados ao redor do mundo. Reeeeeealmente, o Facebook evoluiu muito.


Para comemorar os 10 anos da rede, foram disponibilizados vídeos com cerca de 1 minuto a todos os seus usuários. As mini-retrospectivas revelam momentos  que foram compartilhados na rede, divertindo todos aqueles, que assim como eu,  adoram ver aquelas fotos antigas terríveis e perceber o quanto você melhora, ou não, em dois anos. Para ver o seu vídeo é só clicar neste link  (https://www.facebook.com/lookback) e ser muito feliz *-*

No entanto, apesar de toda a festa e alegria do criador Mark Zuckerberg pelo aniversário do Facebook, rola por aí um boato de que o futuro da rede não será dos mais prósperos. Segundo as previsões de um estudo da Univerdade de Princeton, 80% dos usuários deixarão a rede até 2017. E se eles estiverem certos, você já parou pra pensar qual será a mais nova rede a nos viciar? Será que vai ser uma mistura de Twitter, Facebook e Ask? Deixe sua opinião nos comentários! Por enquanto, vamos ficando com o Facebook mesmo, que venhamos e convenhamos não está nada mal.

Caso você queira saber um pouco mais sobre a história da rede, o Tecmundo e o G1 disponibilizaram linhas do tempo bem legais, caso não queira, até a próxima!
# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates