terça-feira, 13 de agosto de 2013

Microsoft recua de novo (Kinect não é mais obrigatório)

   Desde a apresentação do Xone na E3, a microsoft só fez voltar atrás nas coisas que disse. O show que deveria divulgar e exaltar seu novo console acabou virando motivo de piada e crítica na internet. 

   Percebendo o coro que levou da Sony, a empresa primeiro voltou atrás com as travas de região e limitações de empréstimos e vendas de jogos usados, depois resolveu que tentaria ser amiga dos indies e dessa vez, fez o impensável, desistiu de obrigar todos a manter seus Kinects ligados. Talvez pelos atuais escândalos de espionagem, talvez para tentar baratear o console, não sei. O fato é que o console está aos poucos se tornando mais interessante ao público em geral e quem quiser ter o console não será obrigado a ser filmado o tempo inteiro.
   “Você terá a capacidade de desligar o sensor completamente em suas configurações. Quando estiver neste modo, o sensor não coletará nenhuma informação. Qualquer funcionalidade que depender de voz, vídeo, gestos ou mais, não funcionarão. Você pode ligá-lo de volta a qualquer momento nas configurações, e se você entrar em uma sessão onde o Kinect for necessário (como em Kinect Sports Rivals, por exemplo), você receberá uma mensagem perguntando se quer ligar o sensor de novo para continuar”
disse Marc Whitten, vice-presidente da Microsoft.

   Até então o Kinect vem, por padrão, na caixa do Xone (mesmo na versão mais simples). Mas eu apostaria que eles vão vender uma versão só com o console, visando baixar o preço para tentar disputar com o PS3 que veio mais interessante e mais barato.

Ainda prefiro o PS4.
Postado Por: Pedro Ruiz

Microsoft recua de novo (Kinect não é mais obrigatório)

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates