terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Redes sociais recebem a benção do Papa

Papa usando iPad para acender as luzes de uma árvore de Natal


O papa Bento 16 “abençoou” os meios de comunicação digital nesta terça-feira durante a apresentação do tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais 2012 — debate promovido pela Igreja Católica a respeito das comunicações de massa.
De acordo com o pontífice, serviços como o Twitter e Facebook podem ajudar fieis a encontrarem respostas para algumas de suas dúvidas mais profundas, desde que intercaladas com períodos de silêncio e reflexão.
“Grande parte da dinâmica actual da comunicação é feita por perguntas à procura de respostas. Os motores de pesquisa e as redes sociais são o ponto de partida da comunicação para muitas pessoas, que procuram conselhos, sugestões, informações, respostas”, afirma o líder religioso.
“Devemos olhar com interesse para as várias formas de sites, aplicações e redes sociais (…) que na sua essencialidade, contém breves mensagens – muitas vezes limitadas a um só versículo, como na bíblia – que podem exprimir pensamentos profundos”, completa o Papa, para em seguida lembrar aos fiéis que o silêncio também é fundamental para que a humanidade encontre a iluminação.
“Em nossos dias, a rede vai-se tornando cada vez mais o lugar das perguntas e das respostas; mais, o homem se vê bombardeado por respostas a questões que nunca se pôs e a necessidades que não sente. O silêncio é precioso para favorecer o necessário discernimento entre os inúmeros estímulos e as muitas respostas que recebemos”, finaliza.
Essa não é a primeira vez que o Papa Bento XVI se mostra íntimo de novidades tecnológicas. No último Natal, por exemplo, usou um iPad para acender as luzes de uma árvore de Natal que estava a 220 km de sua residência.

Via:
Tecnoblog

ACTA, um projeto pior que o SOPA


SOPA, depois de quase gerar uma guerra cibernética e uma das maiores campanhas contra a censura no mundo, teve sua votação devidamente retirada do congresso. Uma verdadeira vitória contra uma lei truculenta que serviria de justificativa para uma tonelada de ações duvidosas das companhias de filmes e gravadoras de música dos EUA.
No entanto, a guerra contra a censura na internet está longe de acabar. O PIPA, projeto de lei irmão do SOPA, continua em pauta — sua votação foi apenas adiada. Mas estamos prestes a enfrentar um problema muito, muito pior: o ACTA.
Anti-Counterfeit Trade Agreement é um projeto para proteger as propriedades intelectuais no mundo todo. Aparentemente, seu primeiro objetivo era proteger bens materiais, como itens medicinais.
No entanto, o Electronic Frontier Foundation demonstra que muitas de suas cláusulas (as que são conhecidas) invadiriam a privacidade e as liberdades civis do consumidor, assim como o comércio legítimo, a inovação e a livre corrente de informação. O ACTA também pode limitar a liberdade de países em desenvolvimento, já que eles não teriam liberdade de escolher as melhores formas de política doméstica e desenvolvimento econômico.
Tumblr da Anonymous News descreve os maiores perigos do ACTA da seguinte forma (“ACTA Facts”):
  1. ACTA é muito mais agressivo do que o SOPA. Ele não vai apenas afetar e bloquear sites da internet — suas medidas incluem ainda a vigilância de qualquer coisa que você troque através de canais privados. Ou seja: sua comunicação pode estar inclusa
  2. O ACTA afetará as áreas da saúde, comércio e até mesmo turismo
  3. O ACTA não é o “SOPA Europeu”. O projeto, se for aprovado, afetará todos os países cujos governos oficializem o apoio
E mesmo com essas informações, as propostas do ACTA não estão abertas para análise do público. O que é realmente perigoso é que quase ninguém sabe o verdadeiro objetivo do ACTA.
O EFF diz (e preste bem atenção nos detalhes):
“O ACTA está sendo negociado por um seleto grupo de países industrializados, fora das convenções internacionais e multi-laterais já existentes sobre a criação de novas propriedades intelectuais, como a World Intellectual Property Organisation e a World Trade Organisation.”
Já começamos numa situação alarmante. O “seleto grupo” está tentando desviar de todas as convenções já existentes!
“Tanto a sociedade civil e países em desenvolvimento estão sendo intencionalmente excluídos dessas negociações. Apesar de as convenções existentes gerarem espaço (limitado, mas ainda assim um espaço) para muitos pontos de vista serem ouvidos e respondidos, nenhum fator externo irá influenciar o resultado das negociações do ACTA.”





De repente, este Ato de proteção às Propriedades Intelectuais afeta tanto o comércio, turismo, desenvolvimento, saúde e até downloads ilegais, sem nem mesmo descrever exatamente como poderá fazer isso. Tudo o que sabemos é que isso inclui — veja bem — a vigilância dos consumidores. Você gostaria de ser vigiado numa ida à farmácia? Alou, George Orwell, você só errou por alguns anos!
O ACTA estava desconhecido até então. Mas com toda a preocupação com a censura gerada nas campanhas contra o SOPA e o PIPA, as pessoas notaram este grande perigo. Na semana passada, os países europeus (incluindo a Irlanda) anunciaram que se juntariam nesta semana agora aos EUA, Austrália, Coréia, Nova Zelândia, México, Jordânia, Marrocos, Cingapura, os Emirados Árabes Unidos e o Canadá, em apoio ao ACTA.
O maior medo do SOPA e do PIPA é que ele afetasse o mundo inteiro. Pois bem, o ACTA afetará. E de uma forma pior ainda.
Como se não fosse o suficiente, este usuário do Youtube fez um vídeo de 15 minutos, onde supostamente confirma que “os grandes segredos” do MegaUpload podem afetar todo e qualquer cidadão americano, além de poder gerar uma caça às bruxas por todo o mundo. Parece um grande exagero, mas a possibilidade está aí:






via:Jovem Nerd

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

SOPA e PIPA ARQUIVADAS!!!!

Muito se falou desde a criação das propostas de lei SOPA e PIPA, que poderiam censurar provedores e usuários americanos da internet de uma maneira jamais vista. Os congressistas americanos responsáveis por votar essas propostas perceberam o quanto ela é odiada essa semana, depois que grandes empresas da web se mobilizaram para protestar contra elas. Esse mobilização parece ter dado resultado agora que tanto a SOPA quanto a PIPA foram arquivadas indefinidamente.
Tanto a PIPA quanto a SOPA seriam votadas esse mês, e deveriam chegar mais perto de uma assinatura presidencial. Mas hoje o líder do senado Harry Reid decidiu postergar o voto da PIPA e quatro horas depois o representante Lamar Smith, um dos idealizadores da SOPA, declarou que vai pedir o mesmo para a SOPA completando que é necessário “ter um acordo mais amplo sobre a solução”.
Os argumentos dos dois são basicamente os mesmos: a enorme crítica das duas propostas, principalmente no que elas acarretavam em termos de censura prévia e vigilância extrema, acabou motivando o adiamento. Como não há data prevista para um novo voto de nenhuma delas, as propostas acabaram sendo arquivadas.
ArsTechnica nota , porém, que as ideias que a SOPA e PIPA propõem podem retornar na forma de outra proposta de lei. Tanto que o próprio cocriador da SOPA disse que vai “continuar trabalhando com detentores de direitos autorais para desenvolver propostas que combatem a pirataria online e protegem a propriedade intelectual americana”. Mas as chances de que essas duas foram arquivadas para sempre e nunca mais verão a luz do dia são bem altas.
Internet, você está de parabéns.



Via: Tecnoblog

domingo, 1 de janeiro de 2012

Prince of Persia - The sands of time (Análise)


Eu digo com quase certeza que se você joga ou jogou prince of persia não gostará do filme.
A história é interessante e o filme não é de todo ruim mas "Prince of Persia -  The sands of time" pra mim é no máximo "bonzinho".
Um dos defeitos "pelo menos no meu ponto de vista" do filme é que a nossa querida Disney transformou uma ótima idéia em um conto de fadas. Um bopm diretor com certeza não colocaria tanto romantismo no filme.
Nada como um "felizes para sempre" para estragar tudo.
Além disso o filme força em alguns pontos que não precisaria.
Mesmo assim acho que vale a pena assistir o filme porque os pontos fracos deste são coisas que eu particularmente reparo e levo em consideração na hora de analisar um filme.

Avaliação: 6.5

Ficha técnica:

Título original: Prince of Persia - The Sands of Time
Duração: 116 minutos (1 hora e 56 minutos)
Gênero: Ação / Aventura
Direção: Mike Newell
Ano: 2010



Opinião de outro Site/Blog: (Site:Adoro Cinema )
Como um todo, Príncipe da Pérsia - As Areias do Tempo é um filme mediano. Traz de volta uma fórmula de reconhecido sucesso, tentando aplicá-la sobre novos elementos. Às vezes funciona, em outras não. Independente disto, é um filme de ação que consegue capturar a atenção e, em alguns momentos, divertir. Objetivo primário do cinema produzido por Jerry Bruckheimer, que nada mais deseja do que ver seu novo produto faturando alto nas bilheterias.

Planeta dos macacos - A origem


Antes de expressar minha opnião sobre o filme tenho que comentar que para mim tudo precisa ter uma explicação, por mais que a explicação seja simplesmente não precisar de explicação. Não entendeu né? Bom, falemos do filme.
"Planeta dos macacos - A origem", como todos sabem, é um filme de ficção cientifica que fala sobre uma rebelião organizada pelos macacos e é aí que entra a tal explicação que eu estava falando. No filme não são simples macacos que se tornam inteligentes a partir do nada, estes passam por experimentos na incansável busca de um cientista pela cura do mal de alzheimer. Para não contar toda a história do filme paro por aqui dizendo que sem dúvida esse é um filme que vale a pena assistir, daqueles que te deixam com um gostinho de quero mais, e se estou certo, teremos mais!



Avaliação: 9.0

Ficha Técnica:
Elenco: James Franco, Freida Pinto, Andy Serkis, Brian Cox, Tom Felton, David Hewlett, John Lithgow.
Direção: Rupert Wyatt
Gênero: Aventura
Duração: 105 min.
Distribuidora: Fox Film
Estreia: 26 de Agosto de 2011

Opinião de outro Site/Blog: (Site: Cinepop)
PLANETA DOS MACACOS: A ORIGEM combina uma narrativa fantástica com o próximo salto da tecnologia de efeitos visuais, obtendo como resultado um filme com uma textura de ação e emoção inédita

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates