sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Criando mais de uma área de trabalho, organize-se!




É bastante comum utilizarmos muitos programas e janelas ao mesmo tempo. São tantas tarefas e atividades que fatalmente chega ao ponto em que uma Área de trabalho é pouco para organizar tudo.
Uma solução para esses momentos é multiplicar o espaço no desktop, o que é possível com a ajuda de diferentes programas. E o Baixaki preparou uma seleção especial com as melhores opções para isso.

Yet anOther Desktop Manager 3D

Este é um dos programas de maior sucesso no Baixaki. Ele simula a tecnologia 3D Desktop, uma das possibilidades do XGL — pacote de aplicativos para o Linux que abrange diversos efeitos visuais.
Ele cria quatro Áreas de trabalho independentes com um toque muito agradável visualmente: um cubo tridimensional no qual cada face representa um desktop. O usuário ativa esse cubo de diferentes maneiras — via atalhos de teclado e movimento do mouse — e roda a imagem.
Além do estilo, o programa faz sucesso pelas muitas opções de configuração. O usuário cria combinações de teclas ou então, se preferir, programa o mouse para ativar o cubo com um simples movimento do cursor. Há também configurações de transparência e zoom, além de planos de fundo e ícones personalizados para cada desktop e muitas outras possibilidades.
A verdade é que o potencial do Yet anOther Desktop Manager 3D é enorme, e a nossa dica é explorar todas as opções que ele tem a oferecer.
Todo o estilo do Yet anOther Desktop Manager 3D.

Dexpot

Dexpot é outro destaque quando o assunto é criação de Áreas de trabalho virtuais. Ele cria quatro desktops distintos, gerenciados através de um ícone na Barra de sistema (systray) no XP e Vista (ou Área de notificação no 7).
Clicando com o botão esquerdo sobre esse ícone, as diferentes Áreas de trabalho aparecem lado a lado, e é possível acessar qualquer uma delas. Cada uma pode ter seu papel de parede e janelas independentes. Também é possível acessá-las via atalhos de teclado.
Dexpot tem vários recursos, como o catálogo de janelas, que permite a visualização de todas as janelas como uma apresentação de slides. Já o Gerenciador de Desktop mostra um pequeno menu com todas as Áreas de trabalho, representadas por ícones de monitores.
Outro recurso interessante é a ferramenta para pré-visualizar os softwares que estão abertos em primeiro plano em cada Área de trabalho. Há ainda a possibilidade de mudar de desktop seguindo intervalos de tempo específicos.
Dexpot.
Dexpot.

Microsoft Desktops

Essa opção simula quatro Áreas de trabalho diferentes, uma independente da outra. Os quatro ambientes são criados automaticamente a partir do momento em que o programa é executado.
Nas opções, pode-se criar a melhor combinação para alternar entre as Áreas de trabalho com as teclas Ctrl, Alt, Shift, numéricas ou de funções. Mas, se você prefere trocá-las com o mouse, não há empecilhos para tal.
Clicando no ícone do programa, ele mostra quatro miniaturas, e você só precisa clicar naquela que deseja acessar. Microsoft Desktops não precisa de instalação e é pequeno, logo, uma boa opção para usar em um pendrive.
O Microsoft Desktops não tem um comando para fechar o utilitário. Para isso, é necessário fazer o logoff no Windows.
Microsoft Desktops.
Microsoft Desktops

Double Desktop

Este é mais simples e funcional. Ele simula dois monitores que se alternam por uma simples seta vermelha. Se você arrastar uma janela para a borda, ela também aparece no outro lado. Assim, é possível passar as janelas de programas para o outro desktop apenas arrastando-a para o lado. Para usar esse efeito no Windows 7, é necessário desabilitar o recurso Aero Snap.
As opções do Double Desktop permitem configurar um atalho de teclado e também estilizar os ícones tanto da Área de trabalho principal quanto da secundária. Pode-se também escolher um papel de parede diferente para o segundo desktop, em "Wallpaper".
Double Desktop.
Double Desktop

Finestra Virtual Desktops

O Finestra Virtual Desktops simplesmente não tem limites. Com ele você cria quantas Áreas de trabalho quiser, só depende da capacidade da memória do seu computador. Ele tem ótimos efeitos visuais, por exemplo, um gerenciador em tela cheia para trocar de desktop.
No Windows 7, ele usa miniaturas na Barra de tarefas para que você veja e acesse qualquer um dos desktops. Já no Vista, essas miniaturas são mostradas pelo ícone do Finestra, que pode ser únicopode ser geral, para todos os desktops, mas também é possível criar um ícone para cada ambiente.
Esse programa também suporta atalhos de teclado e pode ser configurado para aproveitar mais de um monitor. Enfim, é um utilitário repleto de recursos e muito estiloso.
Efeitos visuais do Finestra.

Menção honrosa ao MultiTabber

O MultiTabber para Windows 7 não cria Áreas de trabalho virtuais, mas é uma maneira de organizar a Barra de tarefas. Ele simula até 10 barras virtuais, cada uma com seus respectivos ícones ativos, o que reduz a aglomeração deles. Elas são indicadas por pequenos círculos numerados exibidos onde você preferir — em qualquer um dos cantos da tela ou então ao centro.
MultiTabber.
MultiTabber.
O recurso “Universal Application” lista todos os processos em execução no momento, e você só precisa passar os programas desejados para uma lista de exceção, assim poderá usá-los em todas as instâncias.
Vale ressaltar que MultiTabber não cria desktops virtuais propriamente ditos. As alterações feitas a ícones na Área de trabalho valem para todas as instâncias criadas pelo programa.
Postado Por: Leo

Criando mais de uma área de trabalho, organize-se!

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates