quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Wikileaks pode ir pra telona


A complicada saga de poder e sexo de Julian Assange, o idealizador-fundador do polêmico WikiLeaks, deverá parar nas telas de cinema em breve.

De acordo com o site Hollywood Reporter os produtores Barry Josephson – da série Bones e de filmes como Juntos pelo acaso – e Michelle Krumm – de Garota Irresistível e Entre Segredos e Mentiras – adquiriram os direitos de levar a biografia do cyberativista às telonas. Ainda em desenvolvimento, o livro se chamará O homem mais perigoso do mundo e está sendo escrito pelo jornalista Andrew Fowler, que contará a vida de Assange de sua infância até a fundação do WikiLeaks, incluindo os sórdidos detalhes a respeito dos supostos estupros que o levaram para a cadeia.

Assange teria feito no último mês de maio um acordo no valor de US$ 1 milhão (R$ 1,67 milhões) para colaborar com o livro, e deverá inflar esse valor em uma quantia ainda não revelada com a adaptação de sua história para as telonas.

O livro deverá ser lançado ainda este ano na Australia, editado pela editora da universidade de Melbourne. Enquanto isso, não existem grandes detalhes a respeito de sua adaptação para o cinema, sem qualquer menção a possíveis roteiristas e atores.

Fonte:Tecnoblog
Postado Por: Pedro Ruiz

Wikileaks pode ir pra telona

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates