domingo, 24 de outubro de 2010

[Teatro] - O homem da cabeça de papelão

Não costumo postar análises de peças de teatro aqui no blog, mas nesta sexta feira (22/10) fui assistir a uma peça que me deixou particularmente impressionado.
A peça é: O homem da cabeça de papelão, do projeto Teatro Jovem.
Uma peça sem dúvida sensacional, do cenário que é muito criativo até a perfeita sincronia dos atores. Perfeito!

Sinopse:

O Homem da Cabeça de Papelão é uma adaptação do texto de João do Rio que conta a história de Hélio, um homem que por ser bom e idealista ao extremo é tratado como se tivesse um parafuso a menos. Ancioso para casar com Estela, uma empregada que acha que ele deve colocar a cebeça no lugar, Hélio decide trocar sua cabeça por uma de papelão tornando-se assim um homem "comum". Agora com uma cabeça de papelão Hélio passa a agir apenas em beneficio próprio, deixando de lado todo o seu idealismo e sua bondade. Algum tempo depois disso, já tendo conquistado muito poder Hélio lembra-se de voltar para buscar sua cabeça e é surpreendido ao receber a notícia de que ela é a mais incrível de todo o País do Sol. Sem querer perder tudo que conquistou com a cabeça de papelão Hélio prefere não recolocar sua cabeça original e levá-a para casa em uma gaiola.
Anos depois Hélio é encontrado morto com sua cabeça de papelão totalmente vazia. Sua brilhante cabeça original é perdida e pode estar escondida em cima de qualquer pescoço.

Ficha técnica

Texto original: João do Rio
Texto teatral: Eduardo Bakr
Cordenação Artística e Direção: Tadeu Aguiar
Elenco: Eduardo Bakr, Anna Bello, Carol Futuro/ Ana Baird, Marina Thompson.
Cenógrafo: Edward Montero
Iluminador: Sérgio Martins
Figurinista: Ney Madeira
Assistente de Figurinista: Daniela Vidal
Adereços: Gabriela Bardy
Imagens: Plano Geral & Paulo Severo
Participáção em multimídia: Tadeu Aguiar, Carol Futuro/ Flávia Rinaldi, Mauro Gorini, Padro Henrique Lopes, Sérgio Somene, Victor Maia, Tadeu Aguiar
Contra Regragem: Marcelo Valentim, Rafael Araujo, Alex Santos
Cordenação de cenotécnica: J. Faria
Produção Executiva: Lilian Bertim

Contato:
E-mail: teatrojovem@terra.com.br
Site:www.tatrojovem.com.br
Twitter:@teatro_jovem


Por:@opedro

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Teoria do Big-Bang estaria errada?



O físico de Taiwan Whun-Yi Shu desenvolveu uma teoria que pode (ou não) acabar com a famosa e aceita por praticamente todas as pessoas do mundo teoria do Big Bang. A nova teoria diz que ao invés de estar se espandindo constantemente o universo está constantemente se e expandindo e se contraindo.
Bom, fiquemos com a matéria original ou vejam ai a tradução: (Traduzida pelo blog Jovem Nerd)

Na sua formulação da geometria do Tempo-Espaço, a velocidade da Luz é simplesmente o fator de conversão entre os dois. Similarmente, Massa e Distância são intercambiáveis numa relação em que o fator da conversão depende tanto da constante gravitacional G quando da velocidade da Luz, e nenhuma das duas precisa ser constante.
Enquanto o Universo expande, Massa e Tempo são convertidos para Distância e Espaço, e o contrário acontece quando ele começa a contrair. Em resumo, o Universo não está crescendo eternamente e nem teve um começo, mas sim executa um ciclo de expansão e contração.
Aparentemente, Shu, com tal teoria, conseguiu prever mudanças na observação de Supernovas Tipo-I e outros objetos brilhantes, o que poderia provar que o Universo está se contraindo e expandindo constantemente. Outros astrônomos, mesmo os incrédulos sobre tal visão, reconheceram que as previsões de Shu (pelo menos na observação dos astros) está correta.
Isso vai contra a idéia de que o Universo é composto de energia negra que o força a se expandir, numa velocidade cada vez maior. O problema é que dessa forma, a lei da conservação de energia não bate. Já com a idéia de Shu, a lei de Einstein encaixa perfeitamente.
Apesar de não ser perfeita, a teoria do “Universo Cíclico” que expande e contrai eternamente e continuamente, conservando energia, fecha totalmente com as teorias de Einstein, sem a necessidade de varrê-las para baixo do tapete. Algo que o Budismo, o Taoísmo e várious outros conhecimentos orientais ensinam há milênios acaba de ser notado por um físico.
Por:@opedro
Fonte:Jovem Nerd

domingo, 17 de outubro de 2010

Dildo, quer dizer, Move ja vendeu 1,5milhões na Europa


A Sony Computer Entertainment America disse que o PlayStation Move tem se saído extremamente bem em vendas nos EUA mas se negou a prover informações exatas sobre o assunto. A SCEE por outro lado revelou que o Move na Europa vendeu cerca de 1,5 milhões de unidades até agora.

O big boss da SCEE – Andrew House – disse ao Bloomberg que o Move está tendo “vendas muito significativas desde o seu lançamento, algo em torno de 1,5 milhões de unidades em toda a Europa.” Ainda ele diz que “as vendas ultrapassaram as expectativas dos planos iniciais de tal forma que provavelmente teremos que acelerar a produção.”

A respeito das vendas de consoles, House diz que “elas tem crescido ano a ano em um mercado que tem demonstrado uma queda. A expectativa é de que ultrapassemos a meta de 15 milhões de PS3 vendidos até o fim do ano fiscal.”

Por:@opedro
Fonte:Gamus

sábado, 16 de outubro de 2010

Análise: Tropa de Elite 2



Eu não esperava tanto... o filme é realmente ótimo.

A começar pelo assunto que é muito bom até por ser um assunto real, os efeitos são bem feitos, os atores fizeram o dever de casa e etc, etc, etc...

Pra simplificar um pouquinho, o único problema do filme é que o meio é um pouco confuso mas o começo e o fim fica fácil de entender, entendeu? Não né?

Para finalizar sem complicar eu aconselho que vocês assistam, mas eu acho muito difícil que alguém não goste do filme.

Bom, se você não assistiu, assista! Se já assistiu, comenta aí dizendo oque você achou do filme.


Por:@opedro

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Análise: Gente Grande

Vou começar sendo bem direto, não gostei...

Não quero dizer que o filme é de tudo ruim, e não é, mas pela qualidade dos atores e atrizes envolvidos no filme eu esperava muito mais.
Eu pra falar a verdade achei o humor um pouco pastelão demais: mulher feia, bunda de homem, gente caindo, gente falando besteira e pra finalizar uma lição de moral. Pronto. Acabou o filme.
Não vou ser hipócrita e dizer que eu não ri. Não é isso que eu quero dizer, mas mesmo sendo engraçado o filme não entra na minha lista de bons filmes. Na verdade eu acho que vocês devem sim assistir pois esse é um filme que tenho certeza que muitos irão gostar muito.
Não posso dizer a vocês se vale ou não a pena assistir o filme porquê como já disse com certeza muitas pessoas irão me criticar pelo que eu estou falando aqui mas posso dizer com certeza que eu recomendo que vocês assistam e tirem suas próprias conclusões.

Por:@opedro
# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates