domingo, 6 de junho de 2010

Seis homens se isolam em nome da ciência


Três russos, um francês, um italiano-colombiano, e um chinês entraram em uma espaçonave falsa, e irão ficar lá dentro por nada menos que 520 dias.

Começando quinta passada "3", a tripulação de seis pseudo astronautas irão passar um ano e meio dentro da Mars 500, um complexo que simula o ambiente de uma nave espacial, para ajudar um instituto médico e de problemas biológicos e a agência espacial européia a realizar estimativas de como seria uma viagem tripulada à Marte.

O problema nunca foi enviar o homem à Marte. Mas enviar uma tripulação que consiga chegar à Marte sem que hajam mortes ou desentendimentos, problemas que podem comprometer seriamente a missão.


As pessoas não são acostumadas a passar tanto tempo enclausuradas em espaços pequenos. Dentro de apenas poucas horas, tensões já começam a surgir, os temperamentos começam a se agitar, e mais cedo do que se espera, a missão pode ir por água abaixo.

Uma viagem tripulada à Marte será extremamente mais incoviniente. Não haverão paradas para esticar as pernas, descansos em moteis na estrada, ou uma paisagem que mude constantemente. A equipe estará presa num ambiente de 20 mil pés cúbicos (cerca de 566 m³), sem janelas, durante 520 dias para simular à ida à Marte.

“Quando todo mundo interage com as mesmas pessoas e num mesmo lugar, os hábitos e os comportamentos ficam muito evidentes. Esses hábitos podem gerar uma irritação nos outros membros da equipe, o que pode causar discussões e até terminar em agressões“, disse Mikhail Baryshev, um psicoterapeuta do programa.

Os seis homens irão passar os 520 dias realizando vários experimentos, comendo comida enlatada, e lutando desesperadamente contra a loucura do espaço. Para tornar as coisas ainda piores, eles só poderão tomar banho uma vez a cada 10 dias.

Mas pelo menos, eles terão videogames!

A ESA (European Space Agency) disse que a tripulação poderá jogar videogames com frequência, e que esse método será muito importante para a interação entre os membros das futuras missões espaciais.

Mas será que os videogames serão suficientes para manter os homens longe uns das gargantas dos outros?

Em 1999 um experimento como esse falhou, depois de uma mulher canadense ter reclamado que um russo a teria beijado, e depois de dois outros tripulantes terem tingido as parades de sangue.

Os oficias russos culparam as diferenças culturais e o estresse.

Fonte:Jovem Nerd
Postado Por: Pedro Ruiz

Seis homens se isolam em nome da ciência

#Compartilhe:

Postar Um Comentario

Facebook
Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

# Compartilhe

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Mais lido (mês)

© Traduzido Por: Template Para Blogspot | Thema Seo Blogger Templates